Os grêmios estudantis das escolas municipais da Serra (ES) e a contribuição da Pedagogia Histórico Crítica para a formação dos estudantes

Gabriel Franco de Oliveira Zambon, Leonardo Bis Santos

Resumo


Neste trabalho, objetivamos pensar possíveis contribuições da pedagogia histórico-crítica para o trabalho com grêmios estudantis. Para tal, definimos como objetivos secundários: (1) mapear o funcionamento de doze grêmios estudantis das escolas municipais da Serra, no Espírito Santo; (2) identificar a função social da escola na perspectiva da pedagogia históricocrítica; (3) caracterizar o grêmio estudantil dentro da estrutura participativa da democracia brasileira.  Como estratégica metodológica, adotamos a análise documental e bibliográfica e a entrevista semiestruturada. Baseamo-nos nos pressupostos do materialismo e da totalidade, bem como na compreensão do processo de objetivação e apropriação, dentro da perspectiva do materialismo histórico-dialético. Como resultados, temos que, o trabalho com os grêmios estudantis deve oportunizar aos estudantes a apropriação de conceitos como democracia e representação democrática, bem como das objetivações humanas referentes às instituições democráticas e seu funcionamento.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Gabriel Franco de Oliveira Zambon, Leonardo Bis Santos