UTILIZANDO HISTÓRIA NA ABORDAGEM INICIAL DE TEORIA DOS GRAFOS

Lauro Chagas e Sá, Sandra Aparecida Fraga da Silva

Resumo


Nas últimas décadas, pesquisas da área de Educação Matemática têm sugerido a abordagem da Teoria dos Grafos no Ensino Fundamental e Médio, para discussão de problemas de matemática discreta aplicada ao cotidiano escolar. Em 2009, o Currículo do Espírito Santo foi alterado, incluindo tópicos da Teoria Grafos para o segundo e o terceiro anos do Ensino Médio. Face à inclusão curricular, emerge a necessidade de investigar atividades que possam discutir esse tema na Educação Básica. O objetivo deste trabalho é analisar uma abordagem inicial da Teoria dos Grafos por meio do uso de um problema histórico real e propondo uma situação hipotética à luz da Teoria dos Grafos. O problema fictício foi elaborado para associar o Problema das Sete Pontes de Konisberg à realidade física de Vitória. O problema é chamado de Problema das Seis Pontes de Vitória e foi aplicado com alunos do segundo ano de ensino médio de uma escola estadual do município de Vitória com resultados satisfatórios.


Palavras-chave


teoria dos grafos, história da matemática, Euler, ensino médio.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Eletrônica Debates em Educação Científica e Tecnológica

ISSN: 2236-2150 (Eletrônica)

ISSN: 2179-6955 (Impresso)  

 

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.