PRODUÇÃO E ANÁLISE DE RECURSOS DIDÁTICOS PARA ENSINAR ALUNOS COM DEFICIÊNCIA VISUAL O CONTEÚDO DE MITOSE: UMA PRÁTICA PEDAGÓGICA NO ENSINO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS

Natielle Rangel Lopes, Lorena Alves Almeida, Manuella Villar Amado

Resumo


Visando elaborar um recurso didático capaz de incentivar a abstração pelos alunos deficientes visuais e de atuar na promoção de uma sala de aula inclusiva, onde alunos videntes e não-videntes acompanhem o mesmo conteúdo, propôs-se a confecção de modelos táteis/visuais, no caso deste trabalho, abordando o conteúdo de mitose. Além das diferentes texturas, buscou-se a utilização de materiais de fácil manipulação e que fossem acessíveis para a maioria dos professores, haja visto que um dos objetivos do trabalho é a reprodução dos modelos por parte dos professores em escolas com alunos deficientes visuais. Os modelos confeccionados foram aplicados para uma aluna deficiente visual de uma escola estadual na cidade de Vila Velha, no Espírito Santo. Foi possível analisar se os materiais utilizados proporcionavam sensações táteis capazes de diferenciar as estruturas, sendo aplicável como recurso didático de apoio ao professor no processo de ensino do conteúdo de mitose.

Palavras-chave


ensino de biologia; material inclusivo; divisão celular.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Eletrônica Debates em Educação Científica e Tecnológica

ISSN: 2236-2150 (Eletrônica)

ISSN: 2179-6955 (Impresso)  

 

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.