A CONTRIBUIÇÃO DO TOTEM E TABU PARA A EVOLUÇÃO DA ESPÉCIE HUMANA

Joana Lúcia Alexandre Freitas

Resumo


RESUMO

A partir de agora, você é convidado a viajar pelo mundo da Biologia para entender como Sigmund Freud, o pai da psicanálise, que tanto contribuiu para as descobertas do comportamento humano, também fez pesquisas que colaboraram para a investigação da evolução da espécie humana. O objetivo principal desse trabalho e identificar que fatores contribuíram para a evolução da espécie humana, em particular, o comportamento das primeiras tribos humanas que viviam na áfrica, ao qual está  retratado na obra Totem e Tabu  de Sigmund Freud. Freud viveu na mesma época em que a sociedade científica estava descobrindo sua origem, sua História quanto espécie e desenvolvendo as teorias da evolução e foi um dos primeiros a concordar com os pressupostos de Charles Robert Darwin, enquanto que a maioria dos estudiosos da época achincalhava-o. Freud descreveu os comportamentos das primeiras tribos humanas que, muito provavelmente, contribuíram para evitar a extinção do Homo sapiens, tais comportamentos ainda regem os costumes e valores de nossa sociedade, e assim, continuam colaborando para controlar o fluxo de alelos letais na espécie humana.

Palavras chave: Evolução da espécie humana; Freud e Biologia; Evolução; Variabilidade genética.




Palavras-chave


Evolução da espécie humana; Freud e Biologia; Evolução; Variabilidade genética.

Texto completo:

50 - 74

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Eletrônica Debates em Educação Científica e Tecnológica

ISSN: 2236-2150 (Eletrônica)

ISSN: 2179-6955 (Impresso)  

 

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.