DOCUMENTO HISTÓRICO NO ENSINO MÉDIO: ANÁLISE DA PRODUÇÃO DE ALUNOS EM AULAS DE TEORIA DE GRAFOS

Lauro Chagas e Sá, Sandra Aparecida Fraga da Silva

Resumo


Este artigo analisa a produção de alunos de Ensino Médio em aulas sobre Teoria de Grafos, de modo a estabelecer relações entre suas estratégias de resolução e a do matemático Leonard Euler. Escolhemos para apresentar neste trabalho resoluções de uma carta, que adapta um documento histórico do Problema das Sete Pontes de Königsberg (1736) à disposição geográfica da Grande Vitória (Espírito Santo, Brasil). Esta atividade integra uma sequência didática para a introdução de Teoria de Grafos em turmas de segundo ano de uma escola estadual de Vitória-ES, desenvolvida para uma pesquisa de natureza qualitativa em nível de trabalho de conclusão de curso. Com essa experiência, concluímos que a História da Matemática na abordagem da Teoria dos Grafos no Ensino Médio promove apropriação do conhecimento e que a perspectiva histórica permite mostrar que a matemática é uma ciência em contínuo desenvolvimento e que este processo é fruto de trabalho de diversas as pessoas.

Texto completo:

223 - 241

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Eletrônica Debates em Educação Científica e Tecnológica

ISSN: 2236-2150 (Eletrônica)

ISSN: 2179-6955 (Impresso)  

 

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.